» Afastamento do trabalho: Saiba como evitar que isso aconteça na sua empresa

DICAS DE LIMPEZA E ORGANIZAÇÃO

DICAS DA PRINCIPAL EMPRESA DE LAVAGEM E IMPERMEABILIZAÇÃO DE ESTOFADOS DO BRASIL!
ATENDEMOS EM CENTENAS DE CIDADES.

DICAS DE LIMPEZA E ORGANIZAÇÃO

DICAS DA PRINCIPAL EMPRESA DE LAVAGEM E IMPERMEABILIZAÇÃO DE ESTOFADOS DO BRASIL!
ATENDEMOS EM CENTENAS DE CIDADES.

Afastamento do trabalho: Saiba como evitar que isso aconteça na sua empresa

Publicado em: sexta-feira, dezembro 29, 2017Afastamento do trabalho

Inscreva-se em nosso canal no YouTube


Você sabe o que quer dizer “absenteísmo”? Se você tem ou já teve uma empresa, deve saber bem o que significa essa palavra. Trata-se do tempo de trabalho perdido quando os profissionais não comparecem à tarefa que se esperava deles. Isso pode ocorrer por diversos motivos, relacionados às condições de trabalho, sociais, culturais, de personalidade e, principalmente quando se trata de um longo prazo, por motivos de acidentes e/ou doenças. Mas como evitar índices altos de afastamento do trabalho na sua empresa?

Entenda os números do afastamento do trabalho

 

Afastamento do trabalho-numeros

O terror da maioria dos empreendedores ou dos responsáveis pela gestão de pessoas é ter que lidar com uma alta taxa de afastamento do trabalho por parte dos empregados. Uma simples falta pode alterar todo um modelo de produção bem estruturado e trazer prejuízos para toda a equipe a para a empresa.

Agora, imagine ter que lidar com múltiplas ausências que podem vir ocasionadas por diversos motivos. Mais custo e menos produtividade. Ninguém quer isso, certo?

Na maioria das empresas, em que a função desempenhada pela equipe não oferece riscos acentuados, o índice aceitável de afastamento do trabalho é em torno de 1,0%. Entretanto, algumas funções da construção civil, por exemplo, podem chegar a 3 ou 4%.

A dica é: faça o cálculo da porcentagem de funcionários e tempo de afastamento que sua equipe tem demandado por mês. Se ultrapassar 5%, fique atento, algo não está funcionando bem e é preciso reavaliar seu planejamento e sua estrutura para oferecer melhores condições de trabalho e minimizar as perdas.

 

Por que os trabalhadores se ausentam?

 

 

Afastamento do trabalho-dor

 

De acordo com dados do Ministério do Trabalho, em 2016 foram mais de 2,4 milhões de afastamentos do trabalho por motivos de acidente de trabalho ou doenças. Cerca de 4,71% desses afastamentos foram ocasionados por dores nas costas, o motivo mais comum de ausência dos empregados. O trabalho pesado ou as funções repetitivas são os vilões da chamada dorsalgia.

Outro indicador que deve ser bastante observado pelos empregadores é a saúde mental e emocional de suas equipes. A cobrança excessiva por resultados aumenta o nível de estresse e pode se transformar em um transtorno de ansiedade e até mesmo em depressão.

Distúrbios de humor e tensão também são comuns no desenvolvimento de patologias. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), no ano passado mais de 199 mil pessoas se afastaram do mercado por conta de enfermidades relacionadas à saúde mental.

Por isso, é importante que os empregadores e gestores de recursos humanos e desenvolvimento pessoal estejam atentos ao bom ambiente de trabalho. Esse quesito envolve diversos itens, como os aspectos pessoais e também aspectos ambientais.

O cuidado com o bom ambiente de trabalho, limpo, em condições de higiene e segurança necessárias, aconchegante e confortável para o desempenho da função são fatores decisivos em muitos casos.

 

Quais são as doenças que mais provocam afastamento do trabalho?

 

Segundo o INBEP (Instituto Brasileiro de Educação Profissional), algumas doenças laborais são bem comuns no afastamento por dias e até por meses, mas outras doenças devem estar no radar dos empregadores e gestores de recursos humanos. Veja quais são os principais motivos de afastamento do trabalho no Brasil.

 

Dores de coluna

 

Como já foi dito anteriormente, a ergonomia deve ser um ponto de atenção dentro das empresas. Uma equipe especializada em segurança médica e medicina do trabalho deve acompanhar as instalações e orientar sobre as condições para cada estação de trabalho;

 

Lesões nos membros inferiores

 

A falta de exercícios físicos e uma rotina sedentária, permanecendo por muito tempo sentado ou, ao contrário, carregando um volume excessivo de peso, podem trazer incômodos e lesões aos membros inferiores, em sua maioria, os joelhos;

 

Doenças cardíacas

 

Em sua maioria, as doenças do coração têm origem genética e se desenvolve por maus cuidados com a alimentação e saúde. Entretanto, o bom ambiente de trabalho é fundamental para o controle e a manutenção do bem-estar. Do contrário, o empregado pode desenvolver uma crise de ansiedade e agravar seu quadro;

 

Hérnias inguinais

 

Você sabia que as hérnias inguinais ocorrem 25% mais em homens do que em mulheres? Pois é, esse tipo hérnia ocorre na virilha e está diretamente relacionado ao ambiente de trabalho, de acordo com o tipo de esforço dispendido pelo profissional ou pela postura de trabalho.

Não há uma forma direta de prevenção, porém trata-se de uma enfermidade que pode ser facilmente diagnosticada, portanto é importante estar atento à saúde de sua equipe;

 

Depressão e estresse

 

Como já mencionado nesse texto, a saúde mental é tão importante quanto à física e ela está diretamente relacionada ao ambiente de trabalho promovido pela empresa. A pressão exagerada e a tensão pelo desempenho e resultados pode desenvolver quadros de ansiedade e distúrbios que causam faltas e afastamentos mais longos;

 

Varizes

 

Diretamente relacionada ao ambiente de trabalho e ao modo de trabalho do profissional, as varizes atacam aqueles que passam a maior parte do tempo em pé. Não se trata de um quadro grave, porém é uma grande vilã quando se trata de afastamento do trabalho.

Contar com uma equipe de medicina e segurança do trabalho pode ser uma boa estratégia para orientar os profissionais na rotina e minimizar as consequências desse tipo de enfermidade;

 

Doenças respiratórias e alergias

 

Ocasionadas muitas vezes pela falta de higiene e limpeza adequada de estofados, aparelhos de ar condicionado e armários, as doenças respiratórias atacam os escritórios principalmente no inverno e são responsáveis pelo afastamento de curto e médio prazo dos profissionais. Detalhes que podem ser evitados com uma simples rotina de limpeza oferecida por empresas especializadas.

 

Câncer de mama

 

A doença mais grave entre as citadas nesse artigo é o câncer de mama. Apesar de estar relacionada a aspectos genéticos e má qualidade de vida, a doença também deve ser um ponto de atenção entre os empregadores, que devem reforçar as campanha de autoexame e prevenção entre as empregadas.

Esse tipo de câncer é o único que aparece entre a lista das doenças que mais afastam trabalhadores.

 

Como evitar os afastamentos do trabalho?

 

Afastamento do trabalho-ginastica

 

Ninguém quer ter uma equipe com excesso de faltas, com problemas de doenças ou acidentes e que traga prejuízos por motivos de afastamento do trabalho, certo?

Pensando nisso, algumas dicas simples são importantes para que você mantenha uma rotina saudável e um bom ambiente de trabalho em sua empresa.

 

1 – Estimule práticas saudáveis dentro da empresa

 

Práticas como meditação, alongamento ou ginástica laboral podem ser oferecidas dentro da empresa, por curtos períodos de tempo, cerca de 10 a 15 minutos diários.

Especialistas defendem que essas atividades reduzem significativamente o volume de faltas e ajudam a prevenir contusões musculares, aumentam a concentração e elevam os níveis de produtividade.

 

2 – Garanta uma assistência em saúde de qualidade

 

Garanta que os colaboradores e suas famílias tenham garantia de uma boa assistência em saúde. O sistema de saúde pública no Brasil é frágil, portanto o plano de saúde é um dos três benefícios mais valorizados pelos profissionais atualmente. E sabemos que, quando estamos seguros de que a nossa saúde e da nossa família estará respaldada, produzimos mais e melhor.

As empresas que conseguem oferecer planos de saúde como benefício para seus empregados saem sempre na frente.

 

3 – Cuide da saúde mental de sua equipe

 

Como já foi dito algumas vezes nesse artigo, a depressão, ansiedade e os transtornos mentais são algumas das principais causas de afastamento do trabalho atualmente.

Diante disso, para manter uma empresa eficiente, é essencial que os gestores cuidem da saúde física e mental de seus colaboradores. A dica é estimular ou até mesmo oferecer um acompanhamento psicológico profissional dentro do ambiente corporativo.

Além disso, é importante as lideranças manterem a transparência e um ambiente de diálogo com suas equipes.

 

4 – Crie um ambiente saudável e mantenha o bom clima organizacional

 

Você já se viu em um trabalho ou função que gosta de desempenhar, trabalhando com um assunto que lhe interessa, mas desmotivado devido a problemas de relacionamento ou por um ambiente pouco estimulante e desorganizado? Pois é fundamental que as empresas ofereçam um ambiente limpo, organizado e com a infraestrutura necessária para o desempenho das funções. Assim se evita o desenvolvimento de alergias, doenças respiratórias e outras enfermidades que afastam profissionais.

 

Como manter um bom ambiente de trabalho?

 

A limpeza periódica e as práticas de higiene são fatores essenciais para a manutenção de um ambiente de trabalho saudável. Além de minimizar a ocorrência de doenças respiratórias e alergias, como já citado acima, o ambiente limpo oferece uma sensação de bem-estar e confere um aspecto muito mais qualificado para os empregados, parceiros e clientes.

Especializada em limpeza para diversos ambientes, como casas, carros e empresas, a Dr. Lava Tudo oferece uma variedade de serviços para tornar seu ambiente de trabalho mais agradável e acolhedor, reduzindo os índices de absenteísmo e afastamento do trabalho e garantindo uma maior produtividade e melhor resultados.

https://drlavatudo.com/blog/afastamento-do-trabalho/
Dr. Lava Tudo
Afastamento do trabalho

 

Receba descontos e conteúdos exclusivos assinando nossa Newsletter!


Confira nossos posts mais recentes:


  • Naiara Azevedo é cliente da Dr. Lava Tudo

  • Thaeme Mariôto conta com a ajuda da Dr. Lava Tudo

  • Como tirar mancha de molho barbecue de roupas, tecidos e estofados!


  • ebooks gratuitos de limpeza

    descobriu no colchão


    Você também pode gostar de: