Dicas de limpeza e organização

Veja os valores para sua cidade

Banco de couro | 7 itens que devem ser levados em conta na hora de fazer essa escolha

Publicado em: terça-feira, dezembro 19, 2017Banco de couro

Inscreva-se em nosso canal no YouTube


Comprar um carro novo continua sendo o sonho de muitos brasileiros. Para fechar o negócio, todo mundo sabe que é preciso analisar questões como consumo de combustível, segurança, tamanho do carro, se vai ter banco de couro ou não e quais necessidades atendem às demandas e prioridades pessoais.

Em relação aos acessórios? Você sabe o que fazer? O banco de couro, por exemplo, virou um queridinho dos amantes de veículos, em função da sua sofisticação, requinte e praticidade na limpeza. Mas, manter esse revestimento exige cuidados especiais de manutenção e muita atenção na hora da compra.

Veja agora algumas questões que devem ser consideradas em relação ao banco de couro e decida se essa é a melhor opção de revestimento para seu carro.

 

1.      Banco de couro mais barato: economia pode sair cara

 

banco de couro rasgado

 

O banco de couro costuma demandar um investimento financeiro um pouco maior. Se você encontrar alguma empresa com o valor muito abaixo da média, desconfie!

Elas podem estar comercializando revestimentos com raspas de couro. Esse material é um subproduto e não é considerado pelo mercado como legítimo.

Camurça sintética e até mesmo plástico também podem ser oferecidos como couro. Esteja atento e não tente economizar nesse quesito, pois o material pode se danificar facilmente e você precisará consertá-lo. É melhor fazer um investimento mais alto agora do que ter prejuízos à frente.

 

2.      Acabamentos devem ser bem cuidados e perfeitos

 

Uma instalação bem feita deixa o couro bem ajustado ao banco e sem rugas, sobras ou imperfeições. O material deve acompanhar os ângulos de cada parte do banco e, dependo da área, será costurado à mão – o que explica o seu valor de custo.

Ao buscar seu veículo novo na concessionária, verifique se o revestimento segue esses padrões antes de levar o carro para casa.

 

3.      Verifique a cor do verso do material

 

No momento da demonstração do couro, verifique se o tecido apresenta a mesma cor na frente e no verso. Se um dos lados do tecido tiver cor diferente, isso é um alerta e pode significar que o processo de tingimento não aconteceu de forma adequada.

No futuro, você pode ter problemas, já que o banco de couro corre o risco de desbotar.

 

4.      Garantia deve ser maior do que 1 ano

 

Os defeitos e imperfeições da instalação do couro só começam aparecer depois de seis meses de uso. Se a empresa oferecer garantias muito curtas, recuse.

 

5.      Banco de couro deve ser hidratado regularmente

 

hidratação banco de couro

 

O couro, assim como a pele humana, precisa ser constantemente hidratado, caso contrário, perderá o brilho e uniformidade.

Certamente você já viu algum produto à base de couro com aspecto desgastado e “rachado”. Para evitar que o banco de seu carro chegue nessa situação, use e abuse dos hidratantes.

Eles devem ser específicos para couro – ou podem prejudicar o seu material – e são encontrados em diversos formatos. Porém, o mais indicado é o líquido que consegue adentrar os poros com mais eficiência.

 

6.      Procure uma empresa idônea

 

O mercado automobilístico passa por um bom momento e a expectativa para 2018 é um avanço de 7,3%. Com esse aumento, crescem também as empresas de acessórios para carros, disputando os clientes de carros novos.

Para evitar problemas, não faça a compra na primeira que aparecer. Busque empresas de confiança, que tenham alguma referência da concessionária ou de alguém especialista no assunto.

Empresas idôneas vão oferecer couro legítimo e de qualidade, com acabamento primoroso na instalação.

 

7.      Limpeza deve ser cuidadosa

 

A manutenção de um automóvel sempre deve ser feita com cuidado em especial na parte dos revestimentos.

Se a superfície do banco de couro apresentar alguma sujeira como pó ou outros elementos que não penetrem as camadas mais profundas, use um pano seco com sabão neutro e água quente e seque na sequência.

Para uma limpeza mais pesada, o dono do carro precisa ser ainda mais cuidadoso para evitar danificar o couro.

O ideal é contratar uma empresa profissional para a limpeza dos bancos do carro, que tem todo o conhecimento necessário para higienizar o banco oferendo aspecto de novo e sem prejuízos.

Quer manter o seu carro sempre limpo e com cara de novo? Conheça os serviços de limpeza de automóveis da Dr. Lava Tudo. Nossa equipe é composta por profissionais treinados e especialistas para cuidar do seu automóvel com a dedicação que ele merece.