Dicas de limpeza e organização

Veja os valores para sua cidade

Bucha de lavar louça: tão suja como um vaso sanitário!

Publicado em: quarta-feira, agosto 22, 2018bucha de lavar louça

Inscreva-se em nosso canal no YouTube


Pense rápido: o que é mais sujo, a pia da cozinha ou o vaso sanitário do banheiro? Em um primeiro momento a gente até pode escolher a segunda opção, que parece mais óbvia – até mesmo pela função do espaço. Mas a cozinha é um assombro quando o assunto é sujeira. E a grande vilã, pasmem, é a bucha de lavar louça.

Por ficar o tempo todo em contato com itens que ajudam a proliferar microrganismos, ela pode acumular 680 milhões de fungos e bactérias em apenas 15 dias, sendo um verdadeiro perigo para a nossa saúde.

O perigo invisível

bucha de lavar louça

A bucha de lavar louça parece inofensiva, mas a sua capacidade de acumular resíduos e reter umidade fazem com que ela seja um perigo invisível.

Mesmo que a gente não consiga ver, ela contém muita sujeira e milhões de bactérias, sendo o item mais sujo dentro de uma casa.

O material poroso das esponjas – os vários furinhos que existem na estrutura – facilita que a sujeira dos pratos, panelas e outras vasilhas se acumule.

E aí estamos falando de restos de comida e gordura que, junto com a umidade, contribuem para formarem o ambiente perfeito para as bactérias e fungos, que não são eliminados simplesmente com água e sabão.

A bucha de lavar louça infectada pode contaminar pratos, talheres e, consequentemente, a nossa comida. Isso inicia um ciclo perigoso que pode resultar na transmissão de doenças como diarreia, micose, problemas no pulmão e até paralisia.

Aprenda a fazer detergente caseiro e economize na limpeza da cozinha, mantendo tudo higienizado.

Bucha de lavar louça ou vaso sanitário: qual é o mais sujo?

Embora a bucha de lavar louça esteja associada à limpeza da casa e o vaso sanitário à eliminação de dejetos, a primeira pode ser tão ou mais suja e perigosa do que o segundo e até mesmo do que o lixo da casa.

A bucha pode conter até 200 vezes mais germes do que o vaso sanitário, desenvolvendo, inclusive, microrganismos de origem fecal – como a Escherichia coli, a salmonela e a Staphylococcus aureus. Elas provocam vômito, diarreia, intoxicação e feridas com pus.

A esponja que fica na pia, com louças molhadas, entre uma lavagem e outra, fica rapidamente contaminada, deixando a cozinha cheia de bactérias e podendo contaminar os alimentos.

O grande problema é que, embora tenhamos uma rotina de limpeza muito específica para o banheiro, nem sempre seguimos essa regra na cozinha e as bactérias se aproveitam desse descuido para se multiplicarem e formarem colônias organizadas e resistentes.

A pia entupida acumula resíduos e umidade, ajudando a proliferar as bactérias. Veja como desentupir a pia e deixar a cozinha mais limpa e fácil de arrumar.

Como higienizar a bucha de lavar louça?

bucha de lavar louça

Pense em como acontece a lavagem de vasilhas na sua casa: você remove o excesso de resíduos, lava os itens menos gordurosos primeiro, deixando os mais difíceis por último, seca e guarda tudo. Depois lava a pia, torce o pano e acabou?

Se o processo de limpeza para por aí, saiba que está faltando uma etapa crucial: a higienização da bucha de lavar louça.

Como a água e o sabão não matam os germes acumulados na esponja, você não apenas está deixando que eles se acumulem nesse item, como contribui para a proliferação das bactérias para as louças e os alimentos.

Por isso, siga os passos a seguir para deixar a esponja limpa e a cozinha livre desses microrganismos tão perigosos. Você pode fazer isso de 3 formas:

1. Limpando a bucha de lavar louça com água fervente

  • Remova os resíduos de comida, enxágue e esprema a esponja.
  • Encha uma panela com água e leve-a ao fogo.
  • Quando a água ferver, coloque a esponja e deixe de 3 a 5 minutos.
  • Apague o fogo, retire a esponja, esprema e seque-a, antes de guardá-la.

2. Limpando a bucha de lavar louça no micro-ondas

  • Lave a bucha com água corrente e esprema o máximo que puder para tirar o excesso de água.
  • Coloque-a em uma vasilha refratária e leve-a ao micro-ondas na potência máxima.
  • Deixa-a ali por cerca de dois minutos. Esse tempo será suficiente para matar a maior parte dos germes.
  • Retire e espere esfriar.
  • Esse processo não é recomendado para esponjas de plástico, que podem derreter, e esponjas de aço. Para evitar problemas, leia a embalagem do produto e siga as orientações do fabricante.

3. Limpando a bucha de lavar louça com água sanitária

  • Faça uma solução de limpeza misturando 2 colheres de sopa de água sanitária em 1 litro de água.
  • Mergulhe a bucha de lavar louça e deixe a mistura agir por 10 minutos.
  • Retire-a, enxágue bem e esprema o excesso de água para que ela fique seca.

IMPORTANTE: Independentemente da forma escolhida para higienizar a bucha de lavar louça, o processo deve ser feito todos os dias. Só assim você garante que o produto estará limpo e sem riscos para a saúde da sua família.

É hora de trocar?

Mesmo seguindo essas dicas de limpeza, chega o momento em que é necessário substituir a bucha de lavar louça, já que a higienização deixa de fazer efeito e ocorre o desgaste natural do material.

A frequência de substituição vai depender da intensidade do uso, mas dá para dizer que a média ideal é de 10 a 15 dias. Por isso, nada de esponja velha em casa. Mantenha o produto novo e limpo, para evitar uma série de doenças e contaminação dos alimentos.

Não se esqueça, ainda, de manter uma bucha para cada função: lavar a pia, as vasilhas, o fogão, etc. Como cada espaço possui seus próprios germes é possível ocorrer contaminação cruzada se a limpeza for feita com uma única esponja.

Outros cuidados para o seu lar

bucha de lavar louça

Além de lavar a bucha todos os dias, outros cuidados com a casa são fundamentais para se proteger contra as bactérias.

  • Evite utensílios de madeira, que podem acumular mais bactérias. Caso não seja possível substituí-los, não os deixe sobre a pia e outros locais úmidos.
  • A lixeira não deve estar em cima da pia. Opte por modelos de metal, que fiquem no chão e tenham pedais, para evitar o contato com as mãos.
  • Sempre higienizar as mãos ao manipular itens diferentes na cozinha, especialmente alimentos crus. Use luvas, se possível, para garantir sua segurança.
  • Mantenha panos de prato sempre limpos e secos. Quando estiverem úmidos, é hora de colocar outro no lugar.
  • Cuide da higiene diária da casa. Em determinados momentos, contar com o suporte de uma empresa profissional de limpeza pode ajudar.
  • Uma dica é contar com a ajuda de uma empresa profissional para deixar a casa sempre limpinha!

A Dr. Lava Tudo possui um portfólio variado de serviços de limpeza que garantem a higienização e proteção do seu lar.