Dicas de limpeza e organização

Veja os valores para sua cidade

Como escolher berços para bebê | 5 dicas poderosas

Publicado em: quinta-feira, julho 27, 2017Berços para bebê

Inscreva-se em nosso canal no YouTube


Alô mamãe e papai, este post foi preparado especialmente para vocês que estão planejando o quarto do  bebê. Vamos ensinar como escolher berços para bebê, pois sabemos que não é uma tarefa simples quanto parece, que exige atenção à muitos detalhes.  

Berços para bebê

Berços para bebê: dicas e curiosidades

A escolha do berço ideal depende de muitos fatores que vão além da estética. É preciso se atentar aos três requisitos mais importantes: segurança, conforto e praticidade.

Preparamos esse post para abordar as principais dúvidas acerca da escolha ideal.

Vamos mostrar qual é o melhor investimento: comprar um modelo novo ou reaproveitar o berço de algum parente, por exemplo. Quais modelos oferecem mais vantagens e se é necessário seguir o selo de segurança do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial).

Tire agora todas as dúvidas sobre como escolher berços para bebê:

 

Como escolher berços para bebê | Novo x usado?

Atualmente, existem diversos tipos de berços no mercado, mas o que realmente te guiar na tomada da decisão é se o modelo escolhido possui o selo do Inmetro.

Por quê se preocupar tanto com as exigências do instituto?

Desde dezembro de 2012, o Inmetro passou a regulamentar a fabricação e importação de todos berços para bebê e exigir o selo de segurança para a comercialização – somente móveis de movimento e para utilização hospitalar que estão isentos da regulamentação.

Mais abaixo, você confere detalhes de algumas exigências, especialmente para a segurança do bebê e dos pais.

Comprar um modelo atual do mercado aumenta a garantia de que o berço escolhido possua o selo de segurança e que está dentro dos padrões exigidos.

Portanto, não se iluda com berços modernos e multifuncionais: pesquise muito antes de comprar, visite sites confiáveis e busque sempre recomendações.

E se você optar por reaproveitar um berço usado, de início já ganha um grande benefício que é a economia. Outro ponto positivo é que se você investir em um berço usado, isso quer dizer que a funcionalidade do móvel é confiável (pelo menos é o que se espera, não é?).

Mas isso não significa que você não precisa pesquisar sobre os quesitos de segurança. Não existe prazo de validade para móveis, mas só aposte em um berço usado se ele ainda responde à todos os requisitos estabelecidos pelo selo de segurança. Ou seja, é bem provável que móveis fabricados antes de 2012 estão fora do padrão de segurança atual.

 

Critérios de segurança de berços para bebê

O principal critério de segurança que realmente precisa ser levados em consideração é a respeito do tamanho do berço e suas medidas.

O tamanho pode variar de acordo com o design do produto e os materiais utilizados, mas o modelo que pode ser considerado padrão do mercado é o chamado berço americano que possui: 1,30m x 70cm de dimensão interna.

Já as medidas:

    • A largura entre as grades deve compreender, no máximo 6,5 cm;

    • a largura entre as grades e o estrado do berço não deve ultrapassar 2,5 cm;

  • e a medida da extremidade superior da grades até a extremidade inferior do estrado deve ser igual ou pouco maior que 60 cm.

Modelos de berços para bebês

  • Berço Americano
Berços para bebê
Exemplo de berço americano

O berço americano apresenta um tamanho menor, em relação a outros modelos, e é uma das opções mais econômicas do mercado. Além disso, seu design oferece mais praticidade em relação aos cuidados com o bebê.

  • Berço multifuncional
Berços para bebê
Exemplo de berço multifuncional.

O modelo multifuncional tem sido a preferência dos consumidores ultimamente. Ele apresenta benefícios singularizados: bicama, trocador e uma cômoda acoplados ao berço.

É uma opção para quem possui um quarto pequeno e precisa otimizar o espaço e sua funcionalidade.

A ideia da bicama é atender as necessidades quando o bebê ficar um pouco maior ou até mesmo para receber outra criança como visita. Um ponto negativo desse modelo é o tamanho do trocador que deixa a desejar.

  • Berço balanço
Berços para bebê
Exemplo de berço balanço

Os berços de balanços tradicionais, que são antigos, também são menores e otimizam espaço. Entretanto, não oferecem muito conforto para o bebê.

Já os modelos atuais podem ser uma opção para aproximar o filho dos pais durante o dia, pois o balanço serve para “acalmar o bebê”.

De qualquer forma, é importante se atentar ao tempo de uso, pois como são menores, à medida que o bebê crescer, vai ser preciso de um espaço maior.

  • Berço cegonha
Berços para bebê
Exemplo de berço cegonha

O berço cegonha tem o objetivo de representar os movimentos uterinos para deixar o bebê mais calmo e confortável. Porém, é feito apenas para os três primeiros meses e é ideal para deixar ao lado da cama dos pais.

  • Berço portátil

Esse modelo é ideal para quem viaja muito ou precisa deixar o bebê na casa de alguém durante o dia. Ele possui um bom custo benefício, mas não oferece tanto conforto para a a criança.

O berço portátil pode apresentar diversas dimensões, geralmente, fáceis de ser montadas, mas pouco resistentes. Portanto, seu principal objetivo é oferecer mais praticidade na locomoção do bebê.

Alguns pediatras se atentam para a conservação do berço portátil, que precisa de cuidados especiais na hora de guardar. Evite acumular poeira, umidade e outras sujidades no local.

Importantes considerações

Posso fazer um berço planejado?

Sim, você pode optar por mandar fazer o berço para seu bebê. Só não deve esquecer de passar para o marceneiro todas as medidas de segurança que o berço precisa ter (como falamos acima).

O grande benefício é que você vai investir em um produto exatamente do jeito que desejar, respeitando o espaço disponível no quarto. A dica é pesquisar por bons profissionais que o resultado será excelente.

Grade móvel é seguro?

Ter a grade do berço móvel pode ser muito útil para os pais, mas é preciso ter cuidado na hora da escolha. É importante sempre testar o sistema de trava da grade no momento da compra, se funciona em qualquer posição.

E as rodinhas, fazem diferença?

Ter um berço com rodas ou não é uma opção bem particular. Há quem diga que as rodinhas facilitam na hora da limpeza do quarto, mas outras pessoas acham isso indiferente. Mas se optar por ter rodinhas, verifique se o berço possui um sistema de trava eficiente para garantir mais segurança.

O que melhor: berço MDP ou MDF?

O mercado tem optado por fabricar modelos de berço MDF (Medium Density Fiberboard), que possui um material composto por fibras de madeira. É um modelo mais econômico, que apresenta um material uniforme, plano e fácil de aplicar diferentes cortes e formas.

Já o berço MDP (Medium Density Particleboard) tem uma composição com partículas de madeira e apresenta uma grande resistência estrutural.

Colchão ideal

Agora que você já escolheu o berço ideal, com sistemas de segurança e estética perfeita, tudo pronto, certo? Errado, é preciso escolher um o colchão do berço seguindo os mesmos cuidados.

E a primeira dica é: o berço deve permitir a regulagem da altura do colchão.

De acordo com o Iner (Instituto Nacional de Estudos do Repouso), o colchão de berço deve ter espuma em sua composição e apresentar densidade 18. O material não pode ser nem muito duro e nem muito macio e, se possível, se adequar as curvaturas fisiológicas de um bebê.

Quando a criança crescer, os pais podem optar por comprar outro colchão com densidade próxima dos 23 (valor ideal para quem tem menos de 50 quilos).

Há berços com sistema anti-refluxo que permite a movimentação do colchão na cabeceira, ideal para bebês diagnosticados com refluxo. Esse sistema evita a regurgitação e, consequentemente, a sujeira do colchão e/ou travesseiro.

Dica Bônus:

Bebê Conforto

Para transportar com segurança, o bebê conforto é uma ótima opção, pois ele permite que o bebê fique na posição correta no decorrer do trajeto, evita que fique balançando muito e também é mais confortável para o seu filho, além de ser prático para transportá-lo caso esteja dormindo.

É importante que faça a limpeza do bebê conforto, para que seu filho não fique em contato com sujeira e ácaros que possam ter!

Limpeza do colchão | Dr. Lava Tudo

Quem tem bebê em casa sabe da dificuldade de manter o colchão limpo, afinal, a criança ainda não aprendeu a controlar a bexiga. Acontece vazamentos durante a noite e muitas regurgitações.

Por isso, é preciso utilizar um método de limpeza eficaz para resolver os constantes acidentes durante essa fase da maternidade. E a opção que oferece mais qualidade e resultado é a contração de uma empresa de limpeza de estofado.

A Dr. Lava Tudo é uma empresa pioneira no segmento de limpeza, especializada em higienização de diferentes tipos de estofados. Somos considerados referência no Brasil, oferecemos o que há de mais moderno e eficiente nos serviços de:

  • Limpeza;
  • Impermeabilização;

A limpeza da Dr. Lava Tudo é indicada para todos os tipos de estofados, sendo a melhor solução para uma completa e profunda higienização dos tecidos. O processo é adequado eliminação de sujeira, manchas, odores e a recuperação de estofamento pós-inundação. E é aconselhado realizar a cada seis meses.

Mas precisamos ressaltar a questão da urina. Por ser um líquido muito ácido, é muito difícil de ser removida dos estofados.

A nossa limpeza não garante a eliminação completa do odor e da mancha, mas 80% dos casos é bem sucedido, resultando em uma satisfatória amenização do problema.

Por isso, sempre alertamos as pessoas para agirem rapidamente: sujou, limpou, porque isso aumenta a probabilidade da limpeza dar certo.

Adicional ao processo de limpeza, há a impermeabilização. A principal finalidade do impermeabilizante é evitar a penetração de líquidos e umidade nas fibras dos tecidos. Além disso, o estofado fica protegido contra a poeira e queimaduras de sol. Porém, ao se tratar de urina, também não garantimos total blindagem de líquidos ácidos, como acontece também com vômitos.[kkstarratings]