Dicas de limpeza e organização

Veja os valores para sua cidade

Horta caseira | Como fazer seguindo 6 dicas práticas

Publicado em: terça-feira, julho 4, 2017horta caseira

Inscreva-se em nosso canal no YouTube


 

Consumir alimentos frescos e cultivados em casa faz toda a diferença para a nossa refeição, sem falar que é muito mais saudável (e barato). E engane-se quem pensa que só é possível plantar em casas, com aquele quintal enorme. Aqui, você vai descobrir que é muito fácil fazer uma horta caseira, inclusive em apartamentos.

 

Horta caseira

Horta caseira.

 

As vantagens de ter uma horta caseira são muitas, a começar pela saúde: você sabia que a jardinagem é um exercício relaxante? Muitas vezes é comparado com a yoga. E, além disso, ao plantar, você diminui o consumo com produtos industrializados, uma vez que o lixo descartado também é reduzido.

 

As plantas melhoram a qualidade do ar, pois possuem a capacidade de remover algumas toxinas do ar em até 87% a cada 24 horas. E o benefício chega a ser maior em grandes cidades.

 

Com tantos benefícios, você até ficou com vontade de começar a fazer uma horta caseira, não é mesmo?! E é este o nosso objetivo: vamos compartilhar dicas e ideias para tornar o cultivo em uma prática rápida, fácil, barata e o melhor, saudável.

 

Confira as 6 dicas que preparamos para você:

 

Horta caseira | Onde fazer?

 

Os imóveis nas grandes metrópoles estão cada vez ficando menores, o que acaba desanimando o morador (a) de começar algum projeto, como a horta. A boa notícia é que dá para separar um cantinho verde, e melhor ainda quando você sabe o que plantar e como utilizar o espaço.

 

Varanda

 

Para aqueles que possuem varandas no apartamento, se animem e utilize um espaço para cultivar mudas, hortaliças, legumes, e outras opções que não faltam. Outra boa opção é colocar um pé de árvore pequena, como amoreira, limoeiro, etc. Um jardim vertical seria a melhor opção.

 

Horta caseira

Horta caseira: jardim vertical.

 

Obs.: É importante verificar que tipo de planta pode ficar em ambiente iluminado, úmido e sujeito a ventos. Basta verificar para que tipo de planta as condições de iluminação, vento e umidade são ideias ali. Depois é só cuidar e curtir o verde!

 

Parapeito da janela

 

Se você não possui uma varanda, não se preocupe, pois é possível aproveitar um espaço no parapeito da janela, ou de várias janelas 🙂

 

Neste local, dê preferências para vasos de flores ou com plantações simples: salsa, cebolinha, hortelã, manjericão, etc. Ah, se não tiver vaso, reutilize garrafas PET.

 

Horta caseira

Horta caseira

 

Dica bônus: Algumas plantas possuem a propriedade alelopatia, ou seja, que se desenvolvem melhor em cultivo único no canteiro. E a salsa e o coentro fazem parte dessa característica. As alelopatas possuem mecanismos para enfrentar a competição pela luz solar, ar e nutrientes presentes no solo, fazendo com que outras plantas tenham o crescimento inibido.

 

Jardim de inverno

 

O jardim de inverno nada mais é do que um jardim interno, literalmente dentro de casa. É muito comum de se encontrar nos países nórdicos que possuem um rigoroso inverno, e a única maneira das plantas sobreviverem é em um ambiente fechado.

 

Você pode aproveitar o espaço que tem debaixo de escadas, na área privativa de apartamentos. Utilize a criatividade.
É possível fazer também em pequenos quartos, mas é preciso se atentar a ventilação e iluminação.

 

Para o jardim de inverno, as plantas mais indicadas são:

 

  • Pleomele;
  • espada de São Jorge;
  • palmeira;
  • begônia.

 

Horta caseira | Orgânica

 

O produto orgânico é aquele que não recebe produtos químicos, agrotóxicos. Além disso, é um produto fresco, saudável, que é cultivado de acordo com as leias da natureza. Ou seja, toda a prática de jardinagem respeita o meio ambiente e valoriza os recursos naturais.

 

A fertilização do solo é o grande segredo da horta orgânica. É preciso reutilizar várias resíduos para incorporar ao solo, como sobra de verduras e folhas, para servirem de nutrientes das plantas.

 

Um detalhe interessante é que não se cultiva a mesma planta sempre no mesmo lugar. Ou seja, é preciso trocar a produção para ajudar o solo a ficar cada vez mais rico. Por exemplo: no lugar onde você cultivou feijão, agora você cultiva tomate, para estimular a fixação de nitrogênio no solo, o que beneficia os próximos plantios.

 

O que e como plantar?

 

Aposte no certo:

 

  • Sementes que crescem sem muito auxílio externo: ervilha, milho, feijão;
  • Raízes que precisam ser plantadas em linhas: beterraba, nabo, rabanete, cenoura;
  • Legumes que crescem rápido e sem muito auxílio externo: rúcula e espinafre;
  • Outros: alfaces, manjericão, tomate cereja, morangos, etc.

 

Orégano

 

  • É utilizado em molhos a base de tomate, principalmente, pizzas, omelete, etc;
  • sua irrigação precisa ser diária (duas vezes);
  • seu cultivo pode ser em grupo;
  • precisa de luz natural;
  • é recomendado plantar em solo fofo entre abril e junho;
  • colher no início da floração.

 

Hortelã

 

  • É utilizado no tempero de pratos árabes, combina com carne suína e em sucos (de abacaxi) e chás;
  • sua irrigação precisa ser diária e abundante (três a quatro vezes);
  • seu cultivo é sozinho e na sombra (nada de sol);
  • é recomendado plantar em solo argiloso, durante todo o ano;
  • colher as plantas em crescimento, para estimular os brotos.

 

Manjericão

 

  • É utilizado em pizzas, molhos, pratos com aves;
  • sua irrigação precisa ser diária e abundante (três a quatro vezes);
  • seu cultivo pode ser em grupo;
  • precisa receber luz solar diretamente por algumas horas;
  • pode ser plantado em qualquer época do ano;
  • é preciso retirar suas flores, pois elas inibem o perfume das folhas;
  • colher os galhos com as folhas.

 

Salsa

 

  • É utilizado em sopas, saladas, massa e principalmente em decoração culinária;
  • sua irrigação precisa ser diária (duas vezes);
  • seu cultivo é sozinho;
  • precisa receber luz solar diretamente por algumas horas;
  • é recomendado plantar em solo orgânico;
  • colher os galhos para rebrotar. E colher as folhas velhas para aumentar a força das novas.

 

Pimenta

 

  • É utilizada em temperos no geral;
  • sua irrigação precisa ser diária e abundante (três a quatro vezes);
  • seu cultivo pode ser em grupo;
  • precisa receber luz solar diretamente por algumas horas.
  • é recomendado plantar em solo arenoso-argiloso;
  • colher os frutos mais velhos para dar força aos novos.

 

[kkstarratings]