Dicas de limpeza e organização

Veja os valores para sua cidade

Reprodução das bacterias no banheiro: evite-a com 6 dicas

Publicado em: sexta-feira, junho 30, 2017Reprodução das bacterias no banheiro

Inscreva-se em nosso canal no YouTube


Toda casa possui aquele cantinho que passa despercebido, mas que merece uma atenção especial. E o banheiro é um deles, pois é um dos ambientes mais propensos à proliferação de bactérias e germes. Por isso é importante evitar a reprodução das bacterias no banheiro, e basta seguir algumas dicas caseiras que vamos te ensinar agora. Vamos lá?

bactérias no banheiro

A maioria das casas brasileiras possuem apenas um sanitário que é utilizado para toda a família. E a proliferação de bactérias nesse ambiente fica mais recorrente, o que pode aumentar o número de infecções dadas através viroses, diarreia, etc.

Mas, adotando algumas atitudes de limpeza à sua rotina de faxina, você pode evitar a reprodução de bacterias no banheiro e torná-lo um ambiente mais agradável.

E neste post, vamos te dar dicas de como manter o banheiro limpo, higienizado, além de mostras alguns passo a passo que todos nós amamos =)

Reprodução das bacterias no banheiro | Ralo

Sabe aquelas mosquinhas que encontramos no banheiro, especificamente dentro do box? Ela não transmite doença diretamente para o ser humano, mas pode depositar seus ovos em ambientes que não estão higienizados, como o ralo. E a não higienização significa a presença de possíveis bactérias.

Confira o passo a passo para higienizar o ralo do seu banheiro:

Você vai precisar de:

  • Dois recipientes;
  • água sanitária;
  • detergente neutro;
  • luva;
  • escova.

Processo:

  1. Coloque um litro de água em um recipiente;
  2. adicione oito gotas de detergente neutro;
  3. em outro recipiente, coloque um copo cheio de água sanitária;
  4. acrescente um copo cheio de água;
  5. limpe o interior do ralo com a primeira solução, utilizando uma escova;
  6. após esfregar, despeje o resto da solução no ralo para limpar todo seu interior;
  7. e para desinfetar o ralo, despeje toda mistura da segunda solução com água sanitária.

Obs.: Realizar esta higienização uma vez por mês.

Reprodução das bacterias no banheiro | Vaso sanitário

O vaso sanitário é, sem dúvidas, a principal fonte de proliferação de bactérias e germes no banheiro. E por ser utilizado durante todo o dia, é importante mantê-lo higienizado 24 horas. E o maior erro cometido pelas pessoas é dar a descarga com a tampa do sanitário aberta. Isso faz com que as gotículas da água fiquem pelo ar por até duas horas.

E as gotículas podem contaminar o rolo de papel higiênico e as escovas de dente, que são os principais alvos das bactérias oriundas do sanitário.

Confira agora o passo a passo para higienizar o sanitário e, posteriormente, as escovas de dente:

Sanitário

Você vai precisar de:

  • Água sanitária;
  • escova específica para vaso sanitário;
  • bicarbonato de sódio;
  • vinagre branco;
  • água.

Processo:

  1. Despeje pouca quantidade de água sanitária dentro do vaso sanitário;
  2. utilize a escova para higienizar toda a área interna do sanitário;
  3. uma outra alternativa, talvez mais eficiente, é a misture de duas substâncias;
  4. coloque no interior do sanitário uma colher (de sopa) de bicarbonato de sódio;
  5. acrescente 700 ml de vinagre branco;
  6. e 300 ml de água;
  7. higienize com a escova.

Escova de dente

E para protegê-las, é necessário que elas fiquem imersas a um líquido de antissepsia. E para isso, vamos te dar uma dica:

Vá à uma farmácia de manipulação e peça a seguinte solução:

  • Gluconato de clorexidina a 0,12%;
  • sempre quando for utilizar a escova de dente, apenas molhe um pouco antes de passar o creme dental;
  • a duração de uma escova de dente de adulto é de dois a três meses;
  • e para crianças, atente-se: apenas um mês.

Dica bônus: nunca seque a escova de dente em toalhas. Basta remover o excesso de água batendo-a na pia.

Reprodução das bacterias no banheiro | Pia

Essa dica vale tanto para a pia, quanto para banheira:

Você vai precisar de:

  • Água;
  • sapólio em pó.

Processo:

  1. Umedeça as áreas especialmente sujascom água;
  2. polvilhe pouca quantidade de sapólio em pó e deixe-o agir por 15 minutos;
  3. ele vai ajudar a desprender sujeiras e lodo, se houver.

Reprodução das bacterias no banheiro | Chuveiro

Limpe o chuveiro na área externa, que possui muito contato com a umidade e também limpe o seu interior, incluindo os furinhos. A água possui algumas partículas mineiras que, ao longo do tempo, podem se acumular nos furinhos, dificultar a saída de água e criar um ambiente propício para a reprodução de bactérias.

Para limpar os furinhos, você vai precisar de:

  • Vinagre branco;
  • saco plástico firme;
  • elásticos.

Processo:

  1. Encha o saco plástico com vinagre branco (menos da metade);
  2. prendê-lo na cabeça do chuveiro;
  3. e deixar o vinagre pernoitar.

Obs.: É interessante realizar essa limpeza duas vezes por ano.

Para limpar a parte externa do chuveiro, você vai precisar de:

  • Limpador feito para remover cálcio, calvário e ferrugem;
  • esponja macia;
  • água;

Processo:

  1. Borrife o produto de limpeza no chuveiro e deixe-o agir por cinco minutos;
  2. Após esse período, limpe toda a área externa com a esponja macia;
  3. finalize passando água para remover os excessos.

Dica bônus: No post de como limpar espelho, ensinamos também a higienizar o box de vidro, então corre lá para dar uma conferida. E se você possui uma cortina no lugar do box, confira a dica para limpá-la e evitar mofos:

  • Misture uma solução de 2/3 de água e 1/3 de água sanitária e coloque-a em um borrifador;
  • sempre que necessário, borrife em toda a superfície da cortina e deixe agir;
  • se preferir, retire a cortina de tempo em tempo e lave-a na água morna com sabão líquido e água sanitária.

Cuidados extras e diários com o banheiro

1. Mantenha o ambiente ventilado

Se tiver exaustor, ligue-o pelo menos duas vezes ao dia. Se não, tente manter a porta e janela do banheiro abertas quando ninguém estiver utilizando. Deixar o banheiro fechado prejudica a circulação do ar e contribui para a umidade do ambiente.

2. Troque as toalhas semanalmente

Como a toalha de rosto é, geralmente, compartilhada, ela deve ser trocada a cada dois dias. Já a toalha de banho, basta trocá-la uma vez por semana. E o recomendado é pendurar a toalha de banho no varal, após o uso, pois a circulação do ar evita o aparecimento de mofo e o desenvolvimento de bactérias.

3. Guarde a escova de dente no local adequado

Muitas pessoas fazer isso, mas guarda as escovas de dente dentro do armário é uma péssima ideia. Elas precisam ficar em ambiente bem ventilado para evitar o acúmulo de umidade. O ideal é guardar as escovas na posição vertical, sem o contato de uma com a outra, e protegida com uma capa.

4. Prefira o sabão líquido

A esponja de banho é um dos locais preferidos pelas bactérias e germes, pois acumula água e sabão. O ideal é trocá-la a cada 15 dias, ou optar pelo sabão líquido. [kkstarratings]